O dia do professor.

A estatística me atordoa. Um levantamento feito pelo Ministério da Educação (com professores de português e de matemática em todo o Brasil) mostra que 4 mil desses profissionais já sofreram algum tipo de violência. E isso em escolas particulares e públicas, com alunos da quinta a nona séries do ensino fundamental. As agressões físicas ocorrem em salas de aula, nos corredores e na saída dos colégios.

O 15 de outubro – há 50 anos esse foi o dia escolhido para homenagear os professores brasileiros – tem explicação histórica. Era o ano de 1827. O imperador Dom Pedro I determinou, através da revisão de um decreto, a criação da escola básica.  Com isso, a alfabetização, o desenvolvimento da escrita e de pequenos cálculos matemáticos passaram a ser itens fundamentais para garantir um futuro melhor para o país. A medida também estabeleceu o ensino gratuito. Celebrar o dia do professor, assim como diz o documento, é voltar-se para promover solenidades em que se “enalteça a função do mestre na sociedade moderna”.

Tive uma boa dose desses mestres em minha vida. Dona Maria do Carmo, da escola infantil. Com ar de gente brava mas com coração grande. Organizava a turma para tirar foto, para a excursão, para a formatura do terceiro período. Na primeira série, Tia Rose Mary. Incentivava o capricho com as coisas, a organização, a ter serenidade quando preciso. Ainda no colégio, os professores Rita de Cássia Teixeira Tavares Lopes, de língua Portuguesa, Patrícia Amaral, de matemática, Marcelo, de biologia, Valdeci, de matemática, Rosane, de redação, Flora de Geografia… e tantos outros que marcaram para sempre meu caminho como cidadão.

É preciso agradecer. É preciso reconhecer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s